FRATURAS VERTEBRAIS

As fraturas vertebrais decorrem da perda de continuidade óssea de uma vértebra. Podem ocorrer em diversas partes dela ou, mais comumente, no corpo vertebral.

As vértebras podem sofrer fraturas por diversas causas (etiologias), sendo mais frequentes as secundárias ao trauma (acidentes, quedas), osteoporose ou tumores (usualmente, metástases).

A sintomatologia é variada, sendo extremamente frequente a dor persistente, apesar do uso de analgésicos.

Déficits neurológicos caracterizados por alterações na capacidade de movimentação de braços ou pernas, ou sensitivas, podem ocorrer, dependendo da localização da fratura.

O tratamento é determinado por uma série de fatores, como a idade do paciente, o mecanismo que originou a fratura, as alterações neurológicas que ela produziu, sua localização etc.

A análise dos fatores acima fará seu médico recomendar o tratamento mais adequado, que pode ser desde percutâneo, com internação e alta no mesmo dia, até uma cirurgia convencional.

COMPARTILHE:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email